Publicados

Amigos

A diferença de um Anjo e um Amigo…

A diferença de um Anjo e um Amigo…

Anjos e Amigos… Todos temos um pouquinho de cada coisa… Um anjo nos toma pela mão e nos aproxima de Deus.
Um amigo foi enviado por Deus para aproximar-mos dele.
Um anjo tem a obrigação de cuidar de nós…

Um amigo cuida de nós por amor…

Um anjo te vê sorrir, e observa tuas alegrias.
Um amigo, te faz sorrir, e faz parte das tuas alegrias.
Um anjo sabe quando necessitas da ajuda de alguém.
Um amigo, te ajuda sem saber que necessitas.

Um anjo te ajuda, evitando problemas.
Um amigo, te ajuda a resolvê-los.

Um anjo te vê sofrer, sem poder te abraçar.
Um amigo te abraça, porque não quer te ver sofrer.
Um anjo , na realidade, faz parte dos teus sonhos.
Um amigo, compartilha e luta para que seus sonhos
sejam uma realidade.
Um anjo sempre está contigo aí, não percebe
a sua falta. Um amigo, quando não está contigo, não só sente a sua falta, mas também pensa em ti.

Um anjo vela seus sonhos, Um amigo sonha contigo.
Um anjo aplaude teus triunfos. Um amigo te ajuda
para que triunfes.

Um anjo se preocupa quando você está mal.
Um amigo se alegra quando você está bem.
Um anjo recebe uma oração tua.
Um amigo faz uma oração por ti.

Um anjo te ajuda a sobreviver.
Um amigo vive por ti.

Para um anjo, é uma missão que cumpri.
Para um amigo, é uma obrigação te defender.
Um anjo é algo celestial.

Um amigo é uma chance real de conhecê-lo melhor…
Na semelhança que há entre “o amor e a amizade “.
Um anjo quer ser teu amigo. Um amigo, se propõe também
a ser o teu anjo…

E é alguém que te cuida nas noites mais turbulentas…
para que possa compartilhar de todos os seus sonhos..

Um maravilhoso dia do Amigo!

Fique Feliz!!

Curiosidades do meio literário.


Curiosidades do meio literário.

O escritor Wolfgang Von Goethe escrevia em pé. Ele mantinha em sua casa uma escrivaninha alta.

O escritor Pedro Nava parafusava os móveis de sua casa a fim que ninguém os tirasse do lugar.

Gilberto Freyre nunca manuseou aparelhos eletrônicos. Não sabia ligar sequer uma televisão. Todas as obras foram escritas a bico-de-pena, como o mais extenso de seus livros, Ordem e Progresso, de 703 páginas.

Euclides da Cunha, Superintendente de Obras Públicas de São Paulo, foi engenheiro responsável pela construção de uma ponte em São José do Rio Pardo (SP). A obra demorou três anos para ficar pronta e, alguns meses depois de inaugurada, a ponte simplesmente ruiu. Ele não se deu por vencido e a reconstruiu. Mas, por via das dúvidas, abandonou a carreira de engenheiro.

Machado de Assis, nosso grande escritor, ultrapassou tanto as barreiras sociais bem como físicas. Machado teve uma infância sofrida pela pobreza e ainda era míope, gago e sofria de epilepsia. Enquanto escrevia Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado foi acometido por uma de suas piores crises intestinais, com complicações para sua frágil visão. Os médicos recomendaram três meses de descanso em Petrópolis. Sem poder ler nem redigir, ditou grande parte do romance para a esposa, Carolina.

Graciliano Ramos era ateu convicto, mas tinha uma Bíblia na cabeceira só para apreciar os ensinamentos e os elementos de retórica. Por insistência da sogra, casou na igreja com Maria Augusta, católica fervorosa, mas exigiu que a cerimônia ficasse restrita aos pais do casal. No segundo casamento, com Heloísa, evitou transtornos: casou logo no religioso.

Aluísio de Azevedo tinha o hábito de, antes de escrever seus romances, desenhar e pintar, sobre papelão, as personagens principais mantendo-as em sua mesa de trabalho, enquanto escrevia.

José Lins do Rego era fanático por futebol. Foi diretor do Flamengo, do Rio, e chegou a chefiar a delegação brasileira no Campeonato Sul-Americano, em 1953.

Aos dezessete anos, Carlos Drummond de Andrade foi expulso do Colégio Anchieta, em Nova Friburgo (RJ), depois de um desentendimento com o professor de português. Imitava com perfeição a assinatura dos outros. Falsificou a do chefe durante anos para lhe poupar trabalho. Ninguém notou. Tinha a mania de picotar papel e tecidos. “Se não fizer isso, saio matando gente pela rua”. Estraçalhou uma camisa nova em folha do neto. “Experimentei, ficou apertada, achei que tinha comprado o número errado. Mas não se impressione, amanhã lhe dou outra igualzinha.”

Numa das viagens a Portugal, Cecília Meireles marcou um encontro com o poeta Fernando Pessoa no café A Brasileira, em Lisboa. Sentou-se ao meio-dia e esperou em vão até as duas horas da tarde. Decepcionada, voltou para o hotel, onde recebeu um livro autografado pelo autor lusitano. Junto com o exemplar, a explicação para o “furo”: Fernando Pessoa tinha lido seu horóscopo pela manhã e concluído que não era um bom dia para o encontro.

Érico Veríssimo era quase tão taciturno quanto o filho Luís Fernando, também escritor. Numa viagem de trem a Cruz Alta, Éricofez uma pergunta que o filho respondeu quatro horas depois, quando chegavam à estação final.

Clarice Lispector era solitária e tinha crises de insônia. Ligava para os amigos e dizia coisas perturbadoras. Imprevisível, era comum ser convidada para jantar e ir embora antes de a comida ser servida.

Monteiro Lobato adorava café com farinha de milho, rapadura e içá torrado (a bolinha traseira da formiga tanajura), além de Biotônico Fontoura. “Para ele, era licor”, diverte-se Joyce, a neta do escritor. Também tinha mania de consertar tudo. “Mas para arrumar uma coisa, sempre quebrava outra.”

Manuel Bandeira sempre se gabou de um encontro com Machado de Assis, aos dez anos, numa viagem de trem. Puxou conversa: “O senhor gosta de Camões?” Bandeira recitou uma oitava de Os Lusíadas que o mestre não lembrava. Na velhice, confessou: era mentira. Tinha inventado a história para impressionar os amigos. Foi escoteiro dos nove aos treze anos. Nadador do Minas Tênis Clube, ganhou o título de campeão mineiro em 1939, no estilo costas.

Guimarães Rosa, médico recém-formado, trabalhou em lugarejos que não constavam no mapa. Cavalgava a noite inteira para atender a pacientes que viviam em longínquas fazendas. As consultas eram pagas com bolo, pudim, galinha e ovos. Sentia-se culpado quando os pacientes morriam. Acabou abandonando a profissão. “Não tinha vocação. Quase desmaiava ao ver sangue”, conta Agnes, a filha mais nova.

Mário de Andrade provocava ciúmes no antropólogo Lévi-Strauss porque era muito amigo da mulher dele, Dina. Só depois da morte de Mário, o francês descobriu que se preocupava em vão. O escritor era homossexual.

Vinicius de Moraes, casado com Lila Bosco, no início dos anos 50, morava num minúsculo apartamento em Copacabana. Não tinha geladeira. Para aguentar o calor, chupava uma bala de hortelã e, em seguida, bebia um copo de água para ter sensação refrescante na boca.

José Lins do Rego foi o primeiro a quebrar as regras na ABL, em 1955. Em vez de elogiar o antecessor, como de costume, disse que Ataulfo de Paiva não poderia ter ocupado a cadeira por faltar-lhe vocação.

Jorge Amado para autorizar a adaptação de Gabriela para a tevê, impôs que o papel principal fosse dado a Sônia Braga. “Por quê?”, perguntavam os jornalistas, Jorge respondeu: “O motivo é simples: nós somos amantes.” Ficou todo mundo de boca aberta. O clima ficou mais pesado quando Sônia apareceu. Mas ele se levantou e, muito formal disse: “Muito prazer, encantado.” Era piada. Os dois nem se conheciam até então.

O poeta Pablo Neruda colecionava de quase tudo: conchas, navios em miniatura, garrafas e bebidas, máscaras, cachimbos, insetos, quase tudo que lhe dava na cabeça.

Vladimir Maiakóvski tinha o que atualmente chamamos de Transtorno Obsessivo-compulsivo (TOC). O poeta russo tinha mania de limpeza e costumava lavar as mãos diversas vezes ao dia, numa espécie de ritual repetitivo e obsessivo.

A preocupação excessiva com doenças fazia com que o escritor de origem tcheca Franz Kafka usasse roupas leves e só dormisse de janelas abertas – para que o ar circulasse -, mesmo no rigoroso inverno de Praga.

O escritor norte-americano Ernest Hemingway passou boa parte de sua vida tratando de problemas de depressão. Apesar da ajuda especializada, o escritor foi vencido pela tristeza e amargas crônicas. Hemingway deu fim à própria vida com um tiro na cabeça.

.

Presente esperado

Presente esperado

Fique calmo, paciência e perceba as coisas que estão acontecendo ao teu redor. A felicidade em viver é observar esses instantes mágicos, que nos enchem o coração de alegria e nos anima por dentro.

Segue seu dia, viva um de cada vez e as coisas vão acontecer naturalmente. Lembre-se sempre das tuas qualidades e do teu modo de enfrentar a luta do seu dia-a-dia.

Aproveite o dia de hoje para avaliar o teu ontem…vai ver que seu amanhã será muita mais significativo em todos os sentidos.

Nossa luta é constante, precisamos estar fortes energizados de amor, carinho e muitas esperanças.

Faça tua parte, e va a luta. O melhor ainda esta por vir.

Um presente tão esperado.

Rivalcir Liberato

A pena e o camelo


A pena e o camelo

Uma lenda do deserto conta a história de um homem que ia mudar-se de oásis, e começou a carregar seu camelo. Colocou os tapetes, os utensílios de cozinha, os baús de roupas e o camelo agüentava tudo.

Quando ia saindo lembrou-se de uma linda pena azul que seu pai tinha lhe presenteado. Resolveu pegá-la, e colocou-a em cima do camelo. Neste momento, o animal arriou com o peso, e morreu.

Meu camelo não agüentou o peso de uma pena, deve ter pensado o homem. Na nossa vida também é assim, muitas vezes nos colocam tantas coisas contra nós, que uma hora não suportamos. E ai, uma simples palavra, uma atitude desnecessária, um gesto, um olhar.

Então, não agüentamos e explodimos, e a pessoa nos mata por dentro. E fica a pensar…mas, foi só uma palavra. Não carregue muito seu camelo!!!

.

.

TRAIÇÃO POR JUSTA CAUSA

TRAIÇÃO POR JUSTA CAUSA

O marido chega em casa e pega a esposa, na cama, com um garotão, 25 anos, forte, bronzeado, cheio de amor pra dar…
Arma o maior barraco, mas a mulher o interrompe:
-Antes, você deveria ouvir como tudo isso aconteceu…

Andava na rua, vi esse jovem maltrapilho, cansado e faminto .
Então, com pena do estado dele, eu o trouxe para casa.

Dei a ele aquela refeição que eu havia preparado para você ontem
E como você chegou tarde e satisfeito com o tira-gosto do boteco…
não comeu, e eu guardei o jantar na geladeira, lembra-se?

Ele estava descalço, então dei a ele aquele seu par de sapatos que,
como foi minha mãe que te deu, você nunca usou.

Ele estava com sede e eu servi aquele vinho que estava guardado…
Para aquele sábado que você prometeu mas que nunca chega…
Pois num dia é futebol, noutro poker, noutro pescaria, noutro
peteca,noutro lavando o carro e assim por diante.

As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele seu jeans semi-novo…
Ainda estava em perfeito estado, mas não cabia mais em você.

Como ele estava sujo, aconselhei-o a tomar um banho….
Fazer a barba, então dei a ele aquela loção francesa novinha que você
Nunca usou, porque acha fedorenta.

Daí, quando ele já ia embora, perguntou:
Dona, tem mais alguma coisa que seu Marido não usa mais?

- Nem respondi !!!!!!! Dei logo !!!

(Moral da história: Mulher só trai por justa causa)

Amigos de verdade

.

Pai, perdoa-me

.

……

Pai, perdoa-me

Pai, perdoa-me pelas vezes que sentei ao seu lado, mas não ouvi o que dizias…
Pai, perdoa-me pela visita rápida de fim de tarde, antes do jantar de domingo…
Pai, perdoa-me pela pouca paciência, quando querias aconselhar-me nos negócios…
Pai, perdoa-me por achar que tuas idéias já estavam ultrapassadas…
Pai, perdoa-me por ignorar tua experiência de vida…
Pai, perdoa-me pela minha falta de tempo para passar contigo…
Pai, perdoa-me pelo teu convite que recusei porque ia sair com meus amigos…
Pai, perdoa-me pela minha insensibilidade na hora da tua dor…
Pai, perdoa-me pelas vezes em que meus filhos não te trataram com o respeito que merecias…
Pai, perdoa-me pelo abraço que não te dei, pelo carinho que não te fiz…
Pai, perdoa-me por não ter reconhecido em ti o próprio Cristo…

Pai, abençoa-me…

..

Feliz dias das Mães

.

Feliz dia das Mães

Hoje minha gratidão e imensa, por tudo que recebi de você em vida e agora venho recebendo pela sua luz espiritual. É um novo relacionamento nessa esfera do conhecimento. Estamos dando ainda os primeiros passos nessa nova caminhada e já avistamos um horizonte maravilhoso diante de nossos olhos. Só tenho a agradecer e guardar no coração essas novas formas de ver e entender nossa vida terrena.

Nesse dia que comemoramos o Dia das Mães, só quero agradecer com um muito obrigado pela paz que tem me trazido a minha vida e daqueles que você tanto ama. Seus netos, nora, bisnetos e o tataraneto. Eternamente grato por tudo que me chega vindo de você.

Um dia muito feliz!
E um abração de todos nós!!

.

.


Esperar por um novo dia

Geralmente estamos procurando, procurando e procurando explicações para as coisas que acontecem em nossa vida. Ficamos dias, meses, anos e até partimos daqui sem saber o porquê de determinados fatos.

Quando não conhecemos as leis que regem as energias deste nosso planeta, preferimos chamar estes fatos de coincidência, de conspiração do universo, e muitos acreditam que o responsável por tudo isto é o destino.

O destino é um processo tão complicado para a mente humana, que o seu produto final é um grande mistério. Talvez seja importante entender a palavra “destino”, mas não decifrá-la, pois se Deus chegasse até nós com o resultado final da nossa existência, a vida ficaria um pouco sem graça. O que nos move é a expectativa por um novo dia.

Tenha certeza de uma coisa: Deus é sábio e lhe reserva um grande presente no seu destino final. Basta acreditar!

.

A mulher esta Literalmente em alta no nosso Planeta


.

.

Feliz aniversário!!

É com alegria que comemoro todos os dias é a sua nova fase de evolução espiritual, que não foi nem esta sendo fácil. Mas, a parte critica já foi superada e o equilíbrio volta ao seu estado de normalidade. Meu mundo mudou com tua presença espiritual, estou conseguindo terminar um trabalho todo especial, para deixar de lembrança para quem causou todo seu sofrimento psicológico. A justiça divina tarda mas não falha. Tudo tem seu tempo e hora de acontecer.

Você agora tem uma outra data a comemorar, nesse novo recomeçar, agora tudo esta mais tranqüilo, muita paz e feliz, pois agora tem um novo preferido, um Tataraneto… Obrigado pela luz que ilumina meus pensamentos, e tem a força do seu amor e da sua alegria. As fases do Gerânio plantado em sua lembrança (fotos abaixo) refletem bem a paisagem do ontem e a do hoje. Agora esta bem acompanhada, ai e aqui. Obrigado por estar nos meus sonhos quando mais preciso da sua orientação. Ontem foi lindo!!

Minha mãe querida, um abração bem arrochado, como nos velhos tempos. A gente se encontramos por ai em pensamentos…

Familia Rivalcir Liberato

.

.

.


Hoje esta assim a espera do inverno.

.

Oração de Mahatma Gandhi


Oração de Mahatma Gandhi

Senhor
Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes e a não dizer mentiras para ganhar o aplauso dos fracos .
Se me dás fortuna, não me tires a razão.
Se me dás o sucesso, não me tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade .
Ajuda-me a ver o outro lado da moeda, não me deixes acusar o outro por traição aos demais, apenas por não pensar igual a mim.
Ensina-me a amar aos outros como a mim mesmo.
Não deixes que me torne orgulhoso se triunfo, nem cair em desespero se fracasso .
Mas recorda-me que o fracasso é a experiência que precede ao triunfo .
Ensina-me que perdoar é um sinal de grandeza e que a vingança é um sinal de baixeza.
Se não me deres o êxito, dá-me forças para aprender com o fracasso .
Se eu ofender as pessoas, dá-me coragem para desculpar-me e se as pessoas me ofenderem, dá- me grandeza para perdoa-las.
Senhor, se eu me esquecer de ti, nunca te esqueças de mim

.

.

Há sempre alguém

Há sempre alguém

Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez.

Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes que precisam de alguém que as
faça pensar na melhor maneira de usarem a sua força.

Há pessoas habilidosas que precisam de alguém para ajudar
a descobrir a melhor maneira de usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam que não sabem fazer nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.

Há pessoas apressadas que precisam de alguém para lhes mostrar tudo o que não têm tempo para ver.
Há pessoas impulsivas que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem por fora e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada.

Há pessoas que dizem que não servem para nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir como todas essas pessoas precisam de alguém.

Talvez de você…

Felicidade!